Skybox AS100 HD: Receptor de satélite ou mini computador?

Flavio Costa | 16:54 | 0 comentários

 

Skybox AS100 HD: Receptor de satélite ou mini computador?

Novos e melhores receptores de satélite está surgindo no mercado internacional, ou poderiamos dizer que novos e melhores HTPCs (Home Theaters PCs) estão surgindo no mercado?

A integração dos equipamentos está mesmo se mostrando um caminho sem volta pois os métodos de transmissão de mídia está começando a chegar em um ponto em que podem competir com a transmissão via satélite e terrestre.

Quando falo em competir, é competir não somente em quantidade e qualidade de conteúdo, mas também em qualidade de vídeo e de áudio, e aí está o grande interesse do consumidor em integrar tv terrestre, satélite e internet em um mesmo aparelho e usar todas estas tecnologias de forma transparente, sem precisar se preocupar de onde está vindo o conteúdo que ele está assistindo.

Para que esta integração funcione de forma automática, sem que o telespectador precise se preocupar em relação ao meio de transmissão que ele está acessando, as interfaces dos receptores de tv e mídia, seja lá receptor de satélite ou mini computador HTPC, precisam se sofisticar mais, o gargalo está muito maior na interface que no equipamento.

Mas a cada vez que me deparo com novos receptores de satélite que já saem de fábrica com XBMC, Android e tantos outros softwares voltados à integração de meios de transmissão e mídias, tenho certeza de que este é um ótimo caminho sem volta e em pouco tempo teremos um interface realmente diferenciada que vai integrar satélite, internet e transmissão terrestre uma coisa só.

Hoje recebi um questionamento sobre o Skybox AS100HD, e ao pesquisar sobre este receptor me deparei com o fato de o próprio fabricante não saber dizer se ele é um receptor de satélite com funções de computador Android, ou se é o contrário, um computador Android com funções de recepção de satélite.

A Skybox tem fabricado receptores de satélite com boa qualidade de recepção, se o Skybox AS100HD seguir esta mesma qualidade o consumidor não terá com o que se preocupar quanto à captação de canais via satélite.

No entanto, é na interface Android XBMC que ele tem que se destacar.

E é ao ver as fotos de captura de tela dos menus destes Skybox AS100 HD que não resta dúvida, os aplicativos Android tomaram totalmente conta deste receptor.

Ele tem Google Play, uma App Store proprietária da Skybox, Google Chrome, Skype e por aí vai, pois o usuário pode instalar aplicativos nele até o limite da memória do receptor.

Mas eu não tenho certeza que este desejo de ser uma espécie de tablet gigante seja uma boa para estes equipamentos.

A experiência com Smart Tvs tem mostrado que aplicativos como o Chrome integrados à interface do aparelho não são uma boa idéia, pois não são práticos e não dão nenhuma privacidade ao usuário.

É por isto que o Google investiu numa interface diferenciada para o Chromecast que deve tomar conta do mercado de gadgets para entretenimento a partir da metade deste ano.

Interface sem firulas, voltada totalmente para o entretenimento em áudio e vídeo, de uso tão fácil que o usuário nem precisa saber se naquele dispositivo está sendo usado o Android ou não, a interface tem que ser pensada para ser prática e não para levar o computador para a tela da TV.

O Skybox AS100 HD ainda comete o pecado de focar menos no XBMC e mais no Android, mas ele trás evoluções interessantes para o mercado de receptores de satélite com firmware Android, como um excelente aplicativo de controle remoto para smartphones.

O hardware no entanto é limitado para as pretensões do AS100 HD.

Uma CPU Dual Core de 1Ghz, 1 Gb de Ram DDR3, placa de vídeo dual core de 400 Mhz, muito parecido com opções mais antigas de receptores no mercado.

A recepção Wifi do receptor é padrão b/g/n, mas a interface ethernet é de apenas 10/100.

O receptor é bem pequeno e visualmente simples e feio.

O preço na China é de cerca de US$ 170,00, mas como sempre, os brasileiros estão proibidos de importar este receptor por que ele não é homologado pela Anatel, e corre um grande risco de ficar apreendido na alfândega.

Não há similar homologado no mercado nacional e não terá por ainda muitos anos.

Category:

0 comentários